Menu fechado

Dia Nacional do Gráfico

O Dia Nacional do Gráfico surgiu a partir de um movimento realizado em São Paulo, em 1923, quando a classe reivindicava melhores condições salariais e de trabalho. A paralisação aconteceu no dia 7 de fevereiro de 1923.

O sucesso do protesto foi tão grande que, a partir, daí foi criado o sindicato da classe gráfica, a União dos Trabalhadores Gráficos.

Os primeiros serviços impressos foram criados por Johan Gutemberg (1400-1468), através de um código de impressão feito por letras em alto relevo e metálicas, que chamaram de tipos, próprios para fixar a tinta. Foi ele o responsável pelo aperfeiçoamento das técnicas de impressão, sendo o primeiro a publicar a bíblia sagrada, através da impressão de trezentas páginas por dia.

De lá pra cá, a função de trabalhar com a impressão de materiais impressos de todos os tipos vem evoluindo e os serviços de impressão tornaram-se cada vez mais modernos e rápidos, fazendo com que os projetos gráficos sejam cada vez mais modernos.

As técnicas de produção deixaram de lado a impressão de textos escritos, mas ampliando as impressões para imagens de alta resolução, digitalizadas, com edição de imagens, etc.
Dados da Associação Brasileira de Indústrias Gráficas revelam que o mercado de trabalho da área gráfica no Brasil cresceu muito nos últimos anos em razão do aumento das tecnologias. Bacana, né?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.