Tese & Antítese. Adriane Curvello de Almeida e Mônica Curvello de Almeida

Comparar
Sold By Adriane Curvello Report Abuse

Report an abuse for product Tese & Antítese. Adriane Curvello de Almeida e Mônica Curvello de Almeida

REF: 99 Categoria

Descrição

Adriane Curvello de Almeida e Mônica Curvello de Almeida

Duas irmãs, duas jovens poetas que exprimem, em seus versos, suas personalidades fortes e marcantes, representando brilhantemente o título que escolheram para sua obra: “Tese & Antítese”.
Na poesia de Adriane transparece seu espírito decidido, objetivo, direto, expansivo, mas que também tem seus momentos de questionamento, algumas dúvidas e muita religiosidade. Já a poesia de Mônica deixa transparecer a sua alma que muito anseia e muito tem a dizer, mas sua timidez inibe. Só mesmo em versos livres sai o profundo que existe nela como nos poemas Lição de Casa e Entrega. Também se sente bastante seu distanciamento das questões sempre que necessário; salutar contudo, em muitos momentos, a fim de poder analisar situações, friamente, como no poema Reflexão, em que diz:
“Pensamentos não se calam.
Projetada sou para um patamar
Em que convivem a razão e a emoção.
Quero um lugar onde eu possa ficar e lembrar…”
Mas em alguns momentos ela se trai, e seus sonhos e certezas surgem, sentindo-se aí uma ponta de melancolia e sofreguidão como em Busca.
Já Adriane, altamente objetiva e segura de si e também de suas ideias, exprime-se assim em Lições:
“É no desapego que medimos a extensão do amor que sentimos.
É na ansiedade que reconhecemos o quão frágil ainda é nossa fé.
É nas lutas diárias que lapidamos o interior de nossos corações
É plantando flores que colorimos a vida e sentimos o perfume da existência”.
Já sua religiosidade é bastante presente em A Jovem Senhora:
“(…) Aquece-lhe a alma uma doce certeza.
Chega-lhe um anjo do Criador
E sussurra breve em tom de oração:
‘Confia nas promessas do Cristo,
E a morte vencerás.
A dor que agora te dilacera
Em breve verás cessar’. (…)”
Enfim, trata-se de um livro que me seduziu e que, creio eu, atrairá qualquer tipo de leitor, dado se tratar de um mosaico de sentimentos, tipos de caráter, posicionamentos frente à vida, que nos faz pensar bastante, pois em muitos poemas, em muitos versos ou nos vemos também retratados ou passamos a perceber dentro de nós que no fundo partilhamos de muitas dessas ideias em que nunca havíamos tido tempo de pensar e que agora nos são colocadas frente a frente, quando menos achávamos possível isso acontecer, pelos versos destas duas intrépidas jovens poetas, que nos provocam a pensar, coisa que no mundo de hoje está cada vez mais “fora de moda”, já que as coisas nos chegam “mastigadas” através da intervenção e intromissão em nossas vidas dos meios de comunicação de massa que nos forçam a ver a realidade através do seu poder de engajamento pelo qual, em geral, deixamo-nos apanhar.
Parabéns a estas duas moças que ousam desafiar o sistema com suas opiniões pessoais, com suas reflexões sobre tudo, permitindo, com a publicação deste livro, que entremos em suas intimidades e possamos depois dizer com orgulho: Graças lhe damos, ó Senhor, pela existência de Adriane e Mônica que nos fazem ver que nem tudo está perdido. Ainda podemos ter esperanças no futuro, pois nem todos nos dias de hoje são alienados.
Boa leitura àqueles privilegiados que puderem ter acesso a este livro: simples, despojado, direto, sincero, romântico, religioso, leve e gracioso.
Alcina Maria Fernandes Alves

sobre as autoras:

Nascidas no Rio de Janeiro, em 6 de junho de 1968 e 7 setembro de 1971, respectivamente, Mônica Curvello de Almeida e Adriane Curvello de Almeida são cariocas de corpo e alma. A poesia entrou em suas vidas como forma de sensibilização através das mãos de sua mãe, de quem herdaram o hábito da leitura.

Mônica é formada em Ciências Biológicas pela Universidade Gama Filho, professora da Rede Municipal do Rio de Janeiro desde 1994 e sempre gostou de escrever. Tem, na sua escrita, uma forma de dialogar com o mundo.

Adriane é formada em Gravura pela UFRJ, atuou na Rede Municipal como educadora por 12 anos, tendo saído para trabalhar com as letras, mais precisamente, tradução, carreira que abraçou há cerca de nove anos. A necessidade de um segundo campo de expressão além das artes gráficas, a levou a criar, ela mesma, seus versos, transformando imagens em palavras, palavras em imagens.

Informações do livro:
Formato: 14 x 21 cm
Páginas: 74
ISBN: 978-85-8225-011-2

 

 

Informação adicional

ISBN

DEGUSTAÇÃO

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Tese & Antítese. Adriane Curvello de Almeida e Mônica Curvello de Almeida”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *